Notícias

24 de dezembro de 2018

Mensagem de Natal do Grão-Mestre

Estimados Irmãos,

 

Em muitos momentos da vida olhamos para o que não temos, reclamamos e até nos frustramos. É da nossa natureza querer sempre mais e melhor. Isso, aliás, foi um dos motores do desenvolvimento humano. Chegamos até aqui graças à ambição, à curiosidade e ao desejo de avançar.

Como fato, indiscutível, é que vivemos o melhor tempo da História da Humanidade. Nunca tivemos tanto e com tanta abundância. Alimentos, moradias, medicamentos, roupas, transportes, acesso à informação, enfim, nunca tivemos tanto! Se você olhar para trás, um ou dois séculos, confirmará o que estou dizendo. Não havia quase nada do que existe hoje. Nem o básico, como alimentos e medicamentos.

Então, o que nos falta? Falta darmos os passos mais importantes da nossa existência. Trabalharmos para a construção do Homem com valores e princípios sólidos. Adquirirmos a consistência efetiva do significado da vida. Consolidarmos a nossa própria caminhada com base no amor, no respeito e na tolerância.

Compartilho com todos vocês essa reflexão às vésperas do Natal e no limiar de um novo ano para que todos possamos buscar nas profundezas das nossas almas os sentimentos mais relevantes e verdadeiros.

A trajetória é longa e só a persistência nos conduzirá para um mundo melhor, mais justo, mais humano. Essa é a obrigação de todos, mas especialmente dos maçons, que têm em sua essência o conhecimento e a disposição para o trabalho construtivo e positivo.

Tenham todos um feliz Natal, com muita harmonia junto às suas famílias, e um ano novo repleto de alegria e saúde para vencer os desafios que se apresentarem. 

Que o G.’. A.’. D.’. U.’. abençoe a todos!

 

Norton Valladão Panizzi

Grão-Mestre